Case Rodobens

1. O cliente

Compõem a empresa o Banco Rodobens, Rodobens Consórcio, Rodobens Corretora de Seguros e Rodobens Leasing & Locação, Rodobens Automóveis, Rodobens Veículos Comerciais e Rodobens Seminovos.
Cada unidade de negócio conta com um time capacitado, sinérgico e coeso, que pensa e atua sob a filosofia da Rodobens, que tem, em sua Missão, o objetivo de ser um modelo de negócios integrado e inovador e, entre seus Princípios e Valores, a excelência no atendimento ao cliente, visando, sempre, oferecer as soluções que ele necessita.

2. A Descoberta / O percurso

Através referencias de mercado a Rodobens selecionou a Beltis para participar do processo de homologação de fornecedores, sendo a escolhido para o projeto de migração de cabeamento TI/Telecom.

3. O Desafio

A Rodobens optou por padronizar toda sua estrutura de Telecom para Siemens em detrimento das diversas marcas existentes nas unidades (08 apenas em São Jose do Rio Preto-SP). Assim, deveria ser criada uma estrutura paralela em cada unidade, afim de que, após tudo pronto, uma fosse desligada e a outra "subisse". Fácil, não?

4. A Implementação / A solução

Reuniões de alinhamento, estabelecimento de cronograma, definição de equipe, foram apenas alguns dos procedimentos de implantação, tudo isto alinhado com diversos fornecedores vinculados e sob a supervisão dos gestores Rodobens.
A Equipe de infraestrutura da Beltis teve seu melhores profissionais deslocados para esta migração. As estrutura paralelas, foram sendo desenvolvidas por unidades, sendo utilizados mais de 16000mts de cabeamento.

5. Os Resultados

1300 pontos de telefonia migrados e apenas 07 não "subiram" quando da migração, ou seja, sucesso de 99,5%, sendo que, 10 minutos depois, os 07 restantes estavam ativos.